Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro

O Campus Formiga esteve representado em participação e também em apresentação de trabalhos no XIII Encontro Paulista de Educação Matemática (EPEM) realizado de 10 a 13 de maio, na Universidade Cidade de São Paulo (UNICID/SP), na cidade de São Paulo. Durante o evento foram realizadas palestras, minicursos, mesas redondas e os participantes puderam submeter, antecipadamente, trabalhos nos formatos de comunicações científicas, relatos de experiências e minicursos.

A professora Lúcia Helena Costa Braz ministrou o minicurso intitulado “Pontos notáveis de um triângulo: um estudo com dobraduras”, sendo este, um recorte das atividades propostas em sua dissertação de mestrado. Segundo a professora “Foi um prazer ministrar o minicurso e participar das demais atividades. A troca de experiências é muito gratificante”!

As alunas Resiane Paula da Silveira e Márcia Mara Campos apresentaram o trabalho "Um novo olhar sobre as práticas de uma costureira", que foi desenvolvido no segundo semestre de 2016 na disciplina Etnomatemática. O trabalho propôs apresentar resultados de uma pesquisa que buscou investigar e identificar as práticas matemáticas realizadas por uma costureira no seu trabalho. "Foi gratificante e importante apresentar nosso trabalho e participar do XIII EPEM, além de ser importante para o nosso currículo, agregamos conhecimento pessoal e profissional", relata Resiane.

As alunas Francielly Bento dos Santos e Polyana Kátia Miranda apresentaram os trabalhos “Os desafios da inclusão escolar de um aluno portador de paralisia cerebral congênita na disciplina de Matemática” e “Fatores determinantes na motivação dos professores”, ambos desenvolvidos na disciplina Estágio Curricular Supervisionado II, também no segundo semestre de 2016. Segundo Polyana, “foi uma experiência incrível participar do XIII Encontro Paulista de Educação Matemática. Tive a oportunidade de socialização de estudos, reflexões, troca de experiências, conhecer inúmeros trabalhos, diferentes práticas pedagógicas, relatos, além disso, perceber quantas pessoas são apaixonadas por Educação Matemática. Desejo que cada um dos meus colegas possa também viver uma experiência como esta”.

A aluna Karla Cristine, beneficiada pelo Edital que concede auxílio aos estudantes para participação em eventos científicos, acadêmicos ou tecnológicos, também participou do evento.

Palestra de abertura

A palestra de abertura, intitulada “A MESMICE em EDUCAÇÃO e em PESQUISA” foi proferida pelo professor Doutor Ubiratam D’Ambrósio, considerado o “pai da Etnomatemática”. D’Ambrósio propôs uma reflexão acerca da necessidade de introduzir novos conteúdos e novas metodologias no ensino de Matemática, escapando do que ele chama de “mesmice”.

 

Karla, Márcia, Polyana, o palestrante da abertura professor doutor Ubiratan D'Ambrósio, a professora Lúcia Helena e as alunas Francielly e Resiane



 
Para o topo.