Ir direto para menu de acessibilidade.
Image without alternative text

Nágila Giovanna Silva Vilela (foto), de 22 anos, é bacharel em Administração pelo Instituto Federal de Minas Gerais – Campus Formiga. Antes mesmo de concluir a graduação foi aprovada para o curso de mestrado na Universidade Federal do Paraná (UFPR) e agora já está aprovada para o curso de doutorado na Universidade de São Paulo (USP).

Na graduação, concluída em 2015, juntamente com o professor Bruno César de Melo Moreira, participou de projetos de iniciação científica e extensão. Daí surgiu a motivação para o mestrado, que cursa atualmente, que teve início em março de 2016 e término em dezembro de 2017.  A linha de pesquisa a que se vincula é “Estratégia e Análise Organizacional”. Especificamente, a dissertação da estudante trata da relação entre o conflito trabalho-família e a cultura organizacional no contexto brasileiro, analisada a partir da percepção de 15 mulheres trabalhadoras de três indústrias brasileiras localizadas nas regiões Sul e Sudeste. A dissertação foi realizada sob a orientação da professora doutora Mariane Lemos Lourenço e será defendida no dia 15 de dezembro de 2017.

Finalizando o mestrado, Nágila Vilela foi aprovada para o doutorado na USP na linha de pesquisa “Gestão de Pessoas em Organizações”. A intenção da acadêmica é continuar pesquisando sobre aspectos relacionados ao trabalho, em especial o tema conflito trabalho-família ou similares tais como: conflito trabalho-casa, conflito trabalho-não-trabalho, equilíbrio trabalho-família, entre outros. Nessa instituição, ela será orientada pela professora doutora Tania Casado, referência nacional para tais temas.



 
Para o topo.